Logo de cara nos deparamos com o pódio sendo formado por Dunga, Klinsmann (EUA) e Ramon Diaz (Paraguai). Só aí já nos perguntamos se eles não ganham mais do que deveriam já que nenhum dos três faz grande trabalho na seleção, tanto que Dunga e Diaz já foram eliminados do torneio.

Klinsmann levou os EUA às quartas, mas a falta de evolução do time nos últimos três anos é notável.

Em quarto lugar entra Tata Martino que traz na bagagem o vice-campeonato da Copa América 2015. 

Encontramos quatro treinadores bem competentes nas quatro posições seguintes que mereciam então ganhar um pouquinho mais em relação aos anteriores mencionados.

São eles do 5º ao 8º lugar,, José Pekerman da Colômbia, Ricardo Gareca do Peru, Óscar Tabarez do Uruguai e Gustavo Quinteros do Equador.

Dentre os oito últimos,  o treinador Juan Carlos Osorio vinha fazendo um grande trabalho na seleção do México, colocando-a entre os favoritos ao título da Copa América. Como chegou como aposta, o salário condizia com tal, mas agora, depois da derrota contra o Chile por 7 x 0 não acredito que terá aumento, rs…